Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Passos de corrida

Um blog escrito para partilhar a todos os corredores as minhas experiências. Meu nome é Rui Alves e moro na Guarda, Portugal, onde desfruto do que considero ser um bom aliado dos treinos - altitude. Sou um Guarda Runner!

Passos de corrida

Um blog escrito para partilhar a todos os corredores as minhas experiências. Meu nome é Rui Alves e moro na Guarda, Portugal, onde desfruto do que considero ser um bom aliado dos treinos - altitude. Sou um Guarda Runner!

SycnMyTracks - As actividades sincronizadas em várias aplicações em simultâneo

24.03.17 | Rui Alves

Alguma vez sentiram vontade de juntar todas as actividades de desporto que fizeram numa só aplicação?
Alguma vez tiveram vontade de mudar de aplicação de desporto mas não o fizeram porque tinha anos de registos em outra aplicação e não queriam perder o histórico?
Aconteceu mudarem de aplicação e gostavam de compilar todas as atividades para ver a evolução e histórico?
Gostam de várias aplicações, mas é uma chatice andar a exportar e importar ficheiros?

Pois bem, encontrei uma aplicação  - SyncMytracks  - que permite solucionar de uma forma bem interessante todos estes problemas.
SyncMytracks permitiu que actualizasse no Polar e Strava (Aplicações que uso regularmente hoje), actividades que tinha no Runtastic e Runkeeper desde 2013:


Mas como podem ver nesta lista há um muito grande número de aplicações que podem ser seleccionadas para sincronizar:


Basta selecionar as actividades que pertendem sincronizar, (claro que é necessário fazer o processo de autenticação) e pronto, precionando SYNCHRONIZE é iniciado o processo:


Podem também,  configurar de quanto em quanto tempo, pretendem que a sincronização seja feita e o tipo de rede a usar, para evitar usar dados móveis:


E para quem estiver com vontade de fazer o seguimento da evolução da sincronização há uma janela onde são registados os detalhes de sincronização bem como possiveis erros (syn log). 
Nesta imagem os erros acontecem porque há actividades que não são de corrida e que o runkeeper não as aceita.


 Até á data esta aplicação era paga, mas aparentemente já há uma versão free (a qual não experimentei).
O processo de sincronização é um pouco moroso da primeira vez, tendo em conta o número de aplicações e quantidade de atividades a transferir. 
No meu caso cerca de 600 atividades para 4 aplicações demoraram cerca de 30 minutos.

Fica uma dica tecnológica em "Passos de corrida"... 
Bons treinos e boas provas.
   






Salamanca - 12km - Manteigas Penhas Douradas ( parte 2)

12.03.17 | Rui Alves
Uma semana depois de Salamanca, a subida de 12km Manteigas - Penhas Douradas. 
Quem já fez esta corrida alguma vez sabe que esta é uma daquelas provas que ou se está bem, ou se está bem. 
Não há outra forma de por as coisas, é subir, subir, subir, e nem os 2 primeiros quilometro se podem afirmar que são fáceis porque o empedrado e o "sobe e desce" são desgastantes. 
Só de olhar para o horizonte da subida já se torna desgastante para o corpo e para a mente....

Após o controlo dos dorsais lá nos posicionamos para mais uma aventura que nos levaria ao alto das Penhas Douradas. 

Os dois primeiros quilómetros não indicavam o esforço que iria ter pela frente, nem a luta constante entre a mente e o corpo que me iriam levar até lá cima. Foram incontáveis as vezes que pensei em regressar pois o corpo não respondia a qualquer estimulo. Desde o quilometro 3 até ao 8 nunca consegui fazer um quilometro seguindo, nem encontrar um ritmo constante. Certamente que a prova de Salamanca ainda pesava nas pernas e por muita vontade que se possa ter o cansaço não perdoa.

Apesar de tudo serviu esta prova para divulgar a meia maratona da Guarda, camisola que ostentei com muito orgulho.
E no final, este ano, fomos presenteados com uma medalha de "finisher", que me fez sorrir, lembrando-me que desistir nunca pode ser opção, salvo alguma excepção de força maior que não me ocorre agora.... :) 
Morte ou Glória (Alguns vão entender)




Tenho que referir que o vencedor da prova foi o fantástico, campeão e grande corredor Paulo Gomes Pela quarta ou quinta vez consecutiva ganhou a prova, com uns fantásticos 47'30", que só para ter uma ideia significa ter de média na prova toda 4min/km.... Máquina.

Em 2018, fica a promessa de regresso.

Agora, estes passos vão se preparar para a Meia Maratona da Guarda. Até lá  bons treinos e boas corridas.

Salamanca - 12km - Manteigas Penhas Douradas ( parte 1)

12.03.17 | Rui Alves
Em 05 de Março tive o prazer de participar na Meia Maratona de Salamanca, um prova que por motivo de calendário não seria aconselhável de correr, quer pela proximidade da Meia de Amarante (15 dias antes), quer pela prova da Subida de Manteigas - Penhas Douradas na semana seguinte.
No entanto a vontade de participar em mais um prova em terra de "Nuestros Hermanos" fez com que estivesse presente. E sinceramente valeu muito a pena. 
Ir no próprio dia, desde a Guarda (1h45m de viagem) não é muito desgastante, no entanto se houver a possibilidade de alguém levantar os dorsais na véspera, ajuda muito a que se possa chegar mais em cima da hora. (Obrigado Nuno Lemos).
Esteve um dia frio e ventoso que podia ser um pouco desencorajador a que houvesse apoio a prova, factor que muito ajuda todos os que se propuseram fazer este desafio, no entanto tal nunca se verificou, confirmando o que já tinha constatado em Cidade Rodrigo, o povo espanhol vive intensamente as provas das suas cidades, e não falta, apoiando todos os atletas do primeiro ao ultimo.

2500 atletas à partida, seccionados por tempos de prova tonaram a partida muito fluída e rápida. Por outro lado a presença de vários atletas com balões de referência para vários tipos de tempos de prova são um grande apoio para os atletas menos experientes, não cometerem erros. Provas em Portugal deviam adoptar este exemplo:

O percurso é muito citadino e um pouco sinuoso, mas faz com que passemos em locais emblemáticos da cidade como é a Plaza Maior ou a ponte romana.

A primeira grande dificuldade da prova aparece por volta do quilometro 8, na subida para a Aldehuela, que com vento de frente não foi muito agradável de subir. 

Ultrapassando este obstáculo o percurso é praticamente plano até ao quilometro 16 num percurso junto ao rio Tommes e numa espécie pista para corredores e ciclistas. 

A partir deste ponto é um ascendente de +150m até ao 20km que deixa inevitavelmente marcas aos menos preparados, sendo os últimos 1500m um bom tónico para se recuperar o fôlego e acabar a prova com energia para outra, ou com algumas reservas para os 12km de Manteigas - Penhas Douradas. 

Parabéns Município da Guarda pela Fun Run 2017 - Venha 2018

08.03.17 | Rui Alves

No Domingo de Carnaval, o Municipio da Guarda organizou mais uma edição da Fun Run integrada no programa de Carnaval da autarquia, GuardaFolia.
Num circuito urbano de cerca de 5 km e com partida e meta na Alameda de Santo André, a prova não consistia somente em correr mas também superar um conjunto muito vasto de obstáculos ao longo do percurso.
Uma prova que juntou mais de 600 atletas unidos pela vontade de praticar desporto, mas também pela boa disposição e diversão. 
Tendo sido a primeira vez que tive oportunidade de participar quero deixar os meus parabéns ao municipio pela excelente prova realizada, e um agradecimento muito especial aos membros do staff da prova que bem sei que a maioria deles estaria com uma vontade de fazer o percurso.

Quem quiser ter uma ideia da prova pode ver aqui um video da local visão: 



E os que levam a competição muito a sério podem consultar as classificação aqui: