Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Passos de corrida

Um blog escrito para partilhar a todos os corredores as minhas experiências. Meu nome é Rui Alves e moro na Guarda, Portugal, onde desfruto do que considero ser um bom aliado dos treinos - altitude. Sou um Guarda Runner!

Passos de corrida

Um blog escrito para partilhar a todos os corredores as minhas experiências. Meu nome é Rui Alves e moro na Guarda, Portugal, onde desfruto do que considero ser um bom aliado dos treinos - altitude. Sou um Guarda Runner!

Desigualdade de género nas Provas - Não

14.12.18 | Rui Alves

Não é a primeira vez que comento o facto de não entender o porquê de haver desigualdade de género na atribuição dos escalões nas provas de atletismo.

Desigualdade.jpg

Imagem :https://ptjornal.com/estes-sao-os-10-simbolos-da-emancipacao-feminina-43805

Qual a razão lógica que pode estar por trás da organização de uma prova, para nos escalões veteranos haver M35/M40/M45/M50/M55/M60 para os homens, e só F35 e F45 para as mulheres na atribuição de prémios?

Os prémios masculinos são mais merecidos?

Têm mais esforço?

Se não, o quê então?

Pessoalmente é algo que me irrita profundamente e que considero de uma injustiça injustificável.

Até o regulamento da Maratona da Europa, que quer ser a melhor, parece que no seu regulamento vai promover a desigualdade.

suspicious smiley face.jpg858_2000x1024.jpg

 

É que para se ser melhor do que o que se faz na Europa é necessário fazer o que de bem os da europa fazem:

Madrid.PNG

Maratona de Valencia.PNG

Meia de Valencia.PNG

Como tal lanço o desafio a todas(os) corredores para contestarem esta injustiça.

Nas provas onde participarem em que haja esta desigualdade usem um lenço vermelho ( com bolas brancas de preferência ) para demonstrar o desagrado.

Também lanço o desafio de criarem um #Tag para esta contestação.

Apesar de muita inovação continua-se a “Marcar Passo” na desigualdade de género. E eu digo #DesigualdadeNão